consulta avançada
Brasão da PUC-Rio

Notícias

Autoras conversam sobre relações familiares na contemporaneidade durante o lançamento de "Casal e Família"



Na última sexta-feira (10), a obra Casal e família: clínica, conflitos e afetos foi lançada em uma live pelo Zoom, às 18:30. Durante o evento, a organizadora do livro, Terezinha Féres-Carneiro (Psicologia/PUC-Rio), junto com Maria Consuêlo Passos (Psicologia/UNICAP) e Denise Falcke (Psicologia/UNISINOS) conversaram sobre o que as levaram a escrever seus capítulos que compõem a obra e também compartilharam suas experiências enquanto terapeutas de família e casal durante a pandemia.

Os capítulos de Casal e família: clínica, conflitos e afetos são produtos de investigações discutidas no XVIII Simpósio da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia – ANPEPP, ocorrido em 2020. A doutora em Psicologia Clínica pela PUC-SP, Terezinha Féres afirmou que, no evento, foram discutidas diversas temáticas contemporâneas, que são abordadas no livro. Entre elas, estão: parentalidade, adoção tardia, relacionamento entre netos, adultos e avós, construção identitária de jovens, parentalização, política de afetos na família, entre outros.

— O leitor terá acesso a discussões sobre a complexidade das relações conjugais e familiares contemporâneas e encontrará uma parte significativa da produção atual de pesquisadores brasileiros, no que diz respeito às teorias sobre família e casal, assim como às práticas clínicas delas derivadas. — disse Féres.

Maria Consuêlo Passos, uma das autoras do livro, define a família como “uma trama relacional que, necessariamente, implica em trocas, negociações, antagonismos e recusas, próprias a uma dimensão política”. Para ela, é impossível pensar em afetos sem pensar numa dimensão política, mantida no interior do grupo, que sofre grandes interferências do ecossistema social. 

Consuêlo contou que uma de suas motivações para escrever sobre o tema foi entender a razão pela qual as pessoas têm dificuldades em expressar o conceito de família. Quando a professora perguntava aos alunos da graduação, eles respondiam que a família é “tudo”. Para ela, o núcleo familiar pode ser a base de tudo, inclusive dos nossos conflitos, ruínas e desentendimentos.

— Para nós (pesquisadores) que fazemos parte desse grupo, e que há muito tempo estudamos sobre família, o desafio é o de desatar muitos nós na tentativa de estudar esse “tudo” — comenta.

O conflito, que é um dos principais assuntos da obra, foi tratado na fala de Denise Falcke, que também contribuiu para a publicação. Para ela, todos os casais vivenciam situações conflitantes e, por isso, a presença dessas discórdias ou desuniões não poderia ser entendida como disfuncionalidade. A autora conversou sobre os principais motivos de brigas entre casais, como a mentira e a omissão de informação, e apontou caminhos para a solução. Além disso, Falcke destacou a presença da violência em relações familiares. Ela afirmou que esse tema é abordado em diversos momentos da obra, pois é um problema que deve ser resolvido.

— A gente sempre tende a pensar na família como um lugar de garantia de direitos, mas muitas famílias não vivenciam essas experiências e tem ambientes bastante hostis na vida familiar.

Terezinha Féres também comentou sobre a clínica online, que passou a ser utilizada após a pandemia da Covid-19. Ela acreditava que essa forma de atendimento teria uma baixa adesão das famílias e casais. No entanto, tanto os terapeutas, quanto os pacientes se adaptaram rapidamente.

— Temos obtido bons resultados, apesar da falta dos sentidos do convívio presencial. O fundamental é a relação que se estabelece entre o terapeuta e os pacientes, e isso a pandemia não roubou de nós.

Clique aqui e saiba mais sobre a obra!


Publicado em: 17/09/2021





Editora PUC-Rio
Endereço: Rua Marquês de S. Vicente, n° 225 - Praça Alceu Amoroso Lima, casa V (Casa Agência/Editora)
Gávea - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 22.453-900
Telefones:
55 (21) 3527-1838/1760

Endereço eletrônico:
edpucrio@puc-rio.br
Site desenvolvido pelo RDC