consulta avançada
Brasão da PUC-Rio

Notícias

Pesquisadores debatem sobre liberdade e atualidades no evento de lançamento da obra “Spinoza, filosofia & liberdade”



O XVI Colóquio Internacional Spinoza foi um dos temas discutidos durante o evento de lançamento da obra Spinoza, filosofia & liberdade, no dia 14 de outubro, via Zoom. Organizada por Felipe Jardim Lucas, Francisco de Guimarãens, Mauricio de Albuquerque Rocha e Maria Izabel Varella, a obra está disponível para download gratuito no formato e-book, pdf, no site da Editora PUC-Rio. Em uma parceria entre o Departamento de Direito da PUC-Rio, a Cátedra Libre “Baruch Spinoza, da Universidade de Rio Cuarto (Argentina), e o Colóquio Internacional Spinoza, o evento de lançamento contou com a participação de Cecília Abdo Ferez (CONICET/UBA/UNA), Diego Tatián (CONICET/USAM), Francisco de Guimarães (PUC-Rio), Mariana de Gainza (CONICET/USAM/UBA), Maurício Rocha (PUC-RIO) e Sebástian Torres (UNC).

Os presentes recordaram a importância do Colóquio de 2019, que incentivou a cooperação entre os pensamentos dos pesquisadores, o que resultou na publicação do e-book lançado. Os autores e organizadores da obra enxergaram, na filosofia de Spinoza, uma oportunidade para refletir sobre as questões que afetam a sociedade hoje. De acordo com Francisco de Guimarães (Direito/PUC-Rio), o Colóquio surgiu a partir de um desejo de enfrentar dois movimentos que capturaram a liberdade na América Latina. O primeiro seria a alegria efêmera alternada por estados de depressão, euforia e culpa, que a forma contemporânea do capitalismo difunde. A segunda é a ideia de liberdade vulgarizada pelo fascismo, que inclui a suposta liberdade de ofender e agredir.  Nesse sentido, as consequências políticoafetivas da captura da ideia de ser livre, como melancolia, ódio, solidão e tirania, nortearam o debate do Colóquio e os capítulos presentes na obra.

O desejo de resistência à destruição dos direitos é um dos temas que desponta frequentemente nos capítulos. Para Francisco de Guimarãens, O que se reflete nos textos argentinos é a sensação de demolição das políticas, implementadas pelos apoiadores de Cristina Kirchner. No caso dos textos brasileiros, há ainda a perplexidade em relação aos acontecimentos do ano de 2016.

— Esses textos são maneiras de combater a tristeza, expelir a melancolia e evitar a solidão — complementa Guimarãens.

Spinoza, filosofia & liberdade traz reflexões sobre violência, política, liberalismo, direito, saúde entre outros temas discutidos na contemporaneidade.

Clique aqui para assistir ao evento na íntegra!


Publicado em: 28/10/2021





Editora PUC-Rio
Endereço: Rua Marquês de S. Vicente, n° 225 - Praça Alceu Amoroso Lima, casa V (Casa Agência/Editora)
Gávea - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 22.453-900
Telefones:
55 (21) 3527-1838/1760

Endereço eletrônico:
edpucrio@puc-rio.br
Site desenvolvido pelo RDC