consulta avançada
Brasão da PUC-Rio

Catálogo

Brasilidade modernista – sua dimensão filosófica, A



Título: A brasilidade modernista – sua dimensão filosófica
Autor: Eduardo Jardim
Formato: Impresso
Dimensões:
14 x 21 cm
Ano de publicação: 2016
Número de páginas: 142
Coedição: Ponteio

A primeira edição de A brasilidade modernista – sua dimensão filosófica, lançada em 1978, ganhou notoriedade pelo ineditismo da abordagem do movimento modernista. Esta nova edição, amplamente revista por Eduardo Jardim, mantém a organização e as teses do anterior, mas a forma da exposição foi simplificada e aperfeiçoada. Por isso mesmo, fica realçada a ruptura de Eduardo Jardim com as teses inocentes que, ainda nos anos 70, viam a Semana de 1922 como o ato fundador do Brasil moderno.

O propósito de abordar filosoficamente o modernismo permanece e possibilita lançar luz sobre uma ampla gama de temas relativos ao nosso principal movimento de renovação cultural. Um deles é o da sua inserção em um debate de ideias que remonta às últimas décadas do século XIX. Graça Aranha aparece como a figura mediadora dessa inserção. A periodização do modernismo em duas fases - o primeiro tempo, de preocupações estéticas, e o segundo, tratando da brasilidade - ganhou visibilidade nesta nova edição. Na discussão da brasilidade foram considerados os pontos em comum entre as várias correntes do movimento, a partir de 1924.

Nesta edição, duas posições aparecem contrastadas: a analítica, defendida por Mário de Andrade, e a intuitiva, que reúne Plínio Salgado e Oswald de Andrade. A vertente analítica propôs fazer o levantamento dos traços propriamente nacionais da cultura brasileira depositados nas manifestações de cultura popular. A intuitiva pretendeu apreender o caráter nacional de forma imediata, pelos sentimentos. A obra atual contou com a colaboração de Eduardo Coelho, professor de literatura da UFRJ, na revisão geral, na atualização das referências bibliográficas e na redação da apresentação.
____________________________________

Sobre o autor:

Eduardo Jardim é mestre em Filosofia pela PUC-Rio e doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Foi professor do Departamento de Filosofia e do Departamento de Letras da PUC-Rio, até 2012.

Confira os outros livros do nosso catálogo clicando aqui.

 





Editora PUC-Rio
Endereço: Rua Marquês de S. Vicente, n° 225 - Praça Alceu Amoroso Lima, casa V (Casa Agência/Editora)
Gávea - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 22.453-900
Telefones:
55 (21) 3527-1838/1760

Endereço eletrônico:
edpucrio@puc-rio.br
Site desenvolvido pelo RDC